Relato de Desabrigado em Bom Jardim

Meu amigo Douglas Azevedo, que perdeu sua casa em Bom Jardim por conta das chuvas recentes, me enviou o relato abaixo.

***


Minha casa foi coberta de água e lama. O tempo é curto, e não poderei mandar mensagens com frequencia.

Família, amigos e vizinhos estão bem de saúde, mas quase tudo em casa ficou sob lama, mato, lixo, etc.

Não vou voltar a escrever tão cedo, e quero deixar algumas dicas; errei em algumas coisas e acertei em outras, por isso quero compartilhar o que aprendi para ajudar quem precisa:

Sempre vi essa dica: "Evite contato com água das enxentes", mas qualquer um que já passou por isso sabe que é impossível não ter contato! Que pena que descobri isso na prática, na madrugada do dia 12, aniversário de mamãe, entre as 4h e 5h da manhã!

No desespero, é muito fácil gastar tempo com a coisa mais errada a ser feita! Mas se vc seguir algumas dicas, dá tempo de recuperar algumas coisas...

Se a água começa a subir, junte rapidamente documentos, dinheiro e o que é mais importante pra você e TIRE DE CASA, colocando em um vizinho ou local alto. Eu errei, colocando coisas importantes sobre o guarda-roupas e móveis altos, mas quando a água passa de certo ponto os móveis tendem a boiar e tombam, e tudo o que é mais importante fica na parte mais funda, no chão, na lama. E depois, quando você voltar pra casa, aquilo se espalhou debaixo de meio metro de lama...

Errei também, pois nadei tentando recuperar muitas coisas, mas tomei choques e me machuquei. Não faça isso, pois móveis, cadeiras, muros, troncos estão passando rápido sob você; além disso você não está nadando em água, mas praticamente em lama!

Depois que sua casa for coberta, deixe a água baixar e comece a agir o mais rapidamente possível; a coisa mais importante agora são pás, enxadas, carrinhos de mão e o essencial: amigos e vizinhos;

É preciso organizar pequenas equipes para remover lama, selecionar objetos, separar o que pode ser aproveitado;

Se precisar procurar objetos pequenos, como cameras fotográficas, um ancinho será muito útil. Cortei a mão com vidro quebrado da janela quando procurava inutilmente minha câmera na lama (ainda não encontrei);

Porta-retratos protegem as fotos. Depois vc pode tirar a foto de lá e lavar! O mais importante é o que vc nao pode comprar novamente! Então não jogue fora isso!

Tire primeiro a lama de fora da casa, fazendo um "caminho" para transitar; depois podem ser divididas equipes para tirar lama de dentro e de fora da casa em paralelo;

Cuidado com as armadilhas feitas pelo guarda-roupas e cama, e cadeiras. O guarda-roupas fica inacreditavelmente pesado com roupas enxarcadas de água e lama. Tire primeiro as coisas do guarda-roupas e depois o proprio guarda-roupas;

Parentes e amigos: não venham para estada na cidade pois falta comida, água etc., e os recursos têm de ser racionados para os desabrigados! Além disso, viagens são arriscadas!

Roupas, mesmo atoladas na lama, podem ser lavadas e limpas, mas só se você tiver amigos com sítios que tenham abundância em água ou fora da cidade, que possa deixar de molho e lavar. Por isso, separe só as poucas preferidas;

Não se lamente, tentando recuperar móveis de MDF (ou compensado ruim), travesseiros, sofás, almofadas cobertos pela lama; não perca tempo com isso, pois terá inutilmente muito trabalho para recuperar o irrecuperável;

Apesar de serem baratas, as vasilhas plásticas e talheres podem ser recuperados, mesmo mais tarde, por isso, separe um local para amontoar isso rapidamente, e separadamente, para recolher depois;

Não desperdice água, pois temos pouca. Se chover, use água das bicas para limpeza rápida e provisória, tente fazer um esquema com tábuas e vasilhas para pegar a água da chuva, mas não perca muito tempo com isso, pois há muito trabalho a fazer;

Tenho muito mais dicas de acertos e principalmente erros meus, mas preciso ir! Não vai dar tempo de postar mais...

Região Serrana Embaixo D'Água

Notícias Bom Jardim: Tiago Frossard, Marcelo Carrielo, Anderson Ferran tão bem. Muita lama nas casas de Douglas Feliciano e Rose Rangel.

Notícias Nova Friburgo: Eraldo Júnior, Rafael Jasmin, Rafael Abrão e William Herdy estão bem.

Sábado vou doar sangue no Hemorio. Alguma leitora quer ir junto?

Você acredita em cobras falantes?

Estava eu lendo a Bíblia e, bem lá no início, vi a passagem sobre quando a serpente convence Eva a comer o fruto proibido, que em seguida o oferece a Adão. Depois do ocorrido, Deus dá um belo sermão nos três e pune a serpente com a pena de rastejar para sempre.

Admito que nunca participei de discussões sobre o assunto nem tenho muito conhecimento de causa, mas, pelo que eu me lembre, as pessoas nunca comentam o fato surpreendente e fantástico de que a serpente falava.

Conforme já falei antes por aqui, eu acredito que certas passagens da Bíblia sejam apenas alegorias para passar uma mensagem ou ensinamento importante, e fico imaginando se as pessoas que creem na literalidade da Bíblia nunca tenham se questionado sobre o assunto.

Vejam só, Deus cria o paraíso, coloca Adão e Eva para viver nele, os proíbe de comer o fruto proibido, a serpente os convence a comer e sua única punição é ter que se arrastar. Será que perder a capacidade de falar - e subentenda-se aí a capacidade de raciocinar - não era importante o suficiente para ser mencionada nas escrituras? (Um parêntese: se a punição foi ter que se arrastar, presume-se que a serpente tinha pernas! Isso não é citado na Bíblia, mas a gente presume que sim porque, oras, Deus não iria puni-la com algo que já fazia normalmente, né?)

Ou será que, na verdade, eram Adão e Eva que tinham a capacidade de falar com as serpentes, e esta capacidade também lhes foi tirada quando Deus descobriu que eles tinham infringido sua regra? Novamente, será que perder a capacidade de falar com as serpentes não era importante o suficiente para ser mencionada nas escrituras?

Se for isso, então quer dizer que Adão e Eva tinham, desde o princípio da criação, a capacidade de falar com as serpentes? Quiçá com todos os animais? De novo, correndo o risco de repetir-me demais: será que esta capacidade inicial não era importante o suficiente para ser mencionada nas escrituras?

Ou toda a passagem é uma grande parábola, cuja moral é mostrar que o ser humano é falho por natureza e que não sabe seguir regras? E que, de tabela, aqueles que descumprem as regras devem cumprir pena?

Há pessoas que pensam que sua fé é falha se você não acreditar que a história realmente aconteceu como está escrito, mesmo que você tenha entendido perfeitamente a sua moral. Eu não vejo assim, e sigo questionando tudo, sempre, sem achar que minha fé seja falha por causa disso.

O Que Mais Ouvi em 2010

De acordo com as estatísticas do last.fm, os artistas que mais ouvi em 2010 foram, na ordem: Diante do Trono, Michael Jackson, Elton John, Paul McCartney, Rush, Celine Dion, Fernanda Brum, Los Hermanos, a parceria Elton John & Leon Russell e, finalmente, Maria Rita.

Se alguns estão na lista porque os ouço com frequência - Diante do Trono, Elton John e Maria Rita, por exemplo - alguns dão o ar da graça por conta de um período muito curto de audições: Paul McCartney ganhou o posto graças ao que ouvi nos dois últimos meses do ano, depois que comprei o cd Good Evening New York City; Rush tá lá por que foi o que mais ouvi em setembro-outubro, antes do show deles no Rio de Janeiro; Fernanda Brum chamou muita atenção com seu novo disco, Glória; Los Hermanos foram a febre de maio/junho; e a parceria Elton John & Leon Russell foi o que mais tocou aqui neste fim de ano.

Viciado em estatísticas, fui vasculhar os dados do last.fm e encontrei algumas coisas interessantes de artistas que chegaram ao topo das paradas aqui em casa:

Em janeiro eu praticamente não ouvi nada, por causa das férias.
Fevereiro teve Yasunori Mitsuda, que compôs a trilha sonora do jogo Chrono Trigger.
Março abriu espaço para Nívea Soares e seu disco Acústico.
Abril continuou com Nívea Soares na veia (não é à toa que ela ficou no 11º lugar da lista dos artistas que mais ouvi).
Maio trouxe Canastra.
Junho foi a vez de Ludov, com seu disco Caligrafia.
Julho foi dominado por Móveis Coloniais de Acaju e Foghat.
Agosto, eclético ao extremo, teve Fernanda Brum, Beatles e Clara Nunes.
Setembro, além de Rush, também teve muito de Boca Livre.
Outubro também foi um mês de poucas audições, por conta de novas férias.
Novembro teve Jô Soares e o Sexteto e o disco de Rogério do Bandolim & Rogério Souza.
Dezembro, por fim, teve muito Chico Buarque, por conta da coleção que estou comprando.

Que 2011 traga tão boas audições.

E vocês, o que mais ouviram em 2010?