As Mulheres e a Lógica

Minhas leitoras que me perdoem, mas cada vez mais me surpreendo com a capacidade de certas mulheres de ignorar completamente a lógica quando querem vencer uma discussão. Seguem dois diálogos reais que ilustram isso.

- Ih, minha blusa tá manchada.
- Não é mancha, é gordura. E eu já lavei.
- Tudo bem, não estou reclamando. Só tô dizendo que, olha só, tá manchada.
- Não é mancha, é gordura.
- Tá, tudo bem, é uma mancha de gordura.
- Não é mancha. Já falei que isso aí é gordura.
- Peraí, peraí, olha isso aqui [mostra a blusa]. Não é uma mancha?
- É.
- Então, se tem uma mancha, tá manchado!
- Não, não tá. Se eu pegasse uma caneta e fizesse assim [faz movimento de riscar], não estaria manchado.
- Sim, neste caso estaria riscado.
- Então pronto.
- Ai, eu desisto de conversar com você.
- Claro, você já viu que perdeu a razão.

***


- Dei um jeito de guardar melhor o teu casacão de frio.
- Como?
- Virei do lado avesso mas deixei os braços pra dentro.
- Mas ele não tem avesso. É um casaco dupla face.
- Sim.
- Então como é que você virou do lado avesso?
- Eu escolhi o mais bonito.

2 comentários:

Priscila disse...

Hahahahahahahaha nós somos demais!

Mário Marinato disse...

Gostou, né? Eu é que me vejo doidinho com esses diálogos.