Marconi Escreve, Fausto Copia, o JB Publica

Eu já falei do Marconi aqui antes. Texto bom e humor dez, simplesmente imperdível. Se vocês ainda não visitam não sabem o que estão perdendo. Escrevendo bem do jeito que ele escreve, eu sabia que não demoraria muito para que seu talento fosse reconhecido.

E adivinha só quem foi honrado com um plágio, uma das maiores formas de reconhecimento que um sujeito pode ter? Sim, ele mesmo! O Marconi.

O que aconteceu é que uma crônica dele, Assalto, ótima por sinal, foi parar nas páginas do Jornal do Brasil deste domingo, 30/09, na coluna do Fausto Wolff. Quem é Fausto Wolff? Sei lá, talvez seja só mais um desses que copiam texto dos outros. Leiam a original e depois leiam a sem-verg... digo, a outra. Vai dizer que a cara de uma não é o cu da outra!

Marconi explica tudo aqui e continua aqui. Façam o favor, peguem lá no blog dele os emails do JB e façam o favor de deixar claro que não concordam com essa putaria.

9 comentários:

Marconi Leal disse...

Muito obrigado, Mário. Grande abraço.

Anônimo disse...

Cara, se você não sabe quem é Fausto Wolf, vocÊ é um desinformado. Marconi, parece, está querendo se promover nessa...

Marconi Leal disse...

Raciocínio interessante o do Anônimo. Façamos uma analogia: o sujeito tá andando na rua, tem a carteira batida, mas não se dá conta disso. Quando chega em casa, descobre que foi roubado. Imediatamente corre pra polícia. O delegado passa uma mensagem de rádio para todas as delegacias do país informando o ocorrido, de maneira a evitar que o ladrão se utilize do RG que estava dentro da carteira. Um funcionário de uma das delegacias do país, digamos, no Acre, ao ouvir todos aqueles comunicados, vindos dos mais variados lugares, se vira pra um colega que está ao lado dele e comenta:

- Esse elemento que teve a carteira roubada tá querendo se promover...

É. Faz sentido.

Inagaki disse...

Irônico pensar que tudo começou com uma crônica intitulada "O Assalto".

Anônimo disse...

Marconi, se me permite uma opinião, acho vc um tremendo babaca que está querendo auto promoção e mais uns 15 minutos de fama... cai na real, rapaz, ter um texto plagiado seja lá por que for é uma honra pra qualquer escritor, sinal de que o texto é bom e não se fala mais nisso... vc mesmo parecia se gabar de colaborar com textos no site do Fausto Wolff, agora fica aí com essa pendenga como se o mundo se resumisse a isso? Se liga, meu filho.

Mário Marinato disse...

Então eu vou começar a publicar aqui no Sarcófago textos publicados em grandes jornais, só pra homenagear.

E meu próximo livro vai ser uma homenagem ao José Saramago: O Evangelho Segundo Cristo Jesus.

Anônimo disse...

Desculpem, Mario e Marconi. Só disse o que disse por ser um frustrado que comenta anonimamente nos lugares, morrendo de medo de mostrar a cara. Meu psicanalista acha que eu sou gay, talvez porque o papai me espancava na infância ou porque meu primo Zizi fazia aquelas brincadeirinhas comigo. Não sei. O que eu queria mesmo era ter uma identidade, sei lá. Talvez ser o Fausto Wolff. Às vezes penso em assinar meus comentários. Vai que o Fausto lê, me copia e diz que o texto é dele no JB. Eu teria um orgasmo, sem dúvida. Seria uma honra. Mas me dá um medo...

Mão Branca disse...

veja o conto o lobo plagiador no meu blog.

ou não. hehehe.

Anônimo disse...

Hey there many thanks pertaining to your page.I really enjoy your web page.Its extremely informative.Even so I genuinely want you to post how you put social bookmarking below your post.I like it since it's a quite clear awesome blogger mod.
thank you extremely much