Miscelânia

Peço desculpas às minhas queridas leitoras pelo tempo sumido, mas acontece que ando ocupado pra demais da conta e não tem dado tempo de escrever nada. Não que falte vontade, claro.

Assim que as coisas desafogarem, vou falar aqui a minhas opiniões sobre isto que aconteceu em Portugal, e que tem muito a ver com isso que vai acontecer no Brasil.

Vou comentar o que achei deste livro. Deste também. E mais este.

Além disso, tem papo também sobre alguns artistas que descobri recentemente. Falando em música, tenho algo a falar sobre umas músicas velhas, porém eternamente atuais.

E depois de falar de atualidades e do passado, vou falar um pouco sobre o futuro, que já está chegando aqui e aqui. E isto, consequentemente vai me levar a falar do meu provedor de acesso à internet.

Como se não bastasse, ainda vou bater boca sobre as idéias e regras da Corregedoria do Rio de Janeiro, além das maluquices dos clientes do cartório.

Pensando que acabou? Ainda quero falar de coincidências e arrependimentos, televisão, indicar uns sites porretas e, se sobrar ânimo, ainda colocar umas fotos novas no flog do Sarcófago.

E, claro, como não podia deixar de ser, espero terminar uma crônica que está inacabada há mais de um ano.

Alguém sugere mais alguma coisa?

7 comentários:

edurocha disse...

Mário, não me espanta tua ausência. E, já que é pra falar de coincidências, temos algumas, de fato, em comum. Você é escritor, eu editor; ambos gostamos de caminhadas, fotografia e literatura; ambos temos álbum no Flickr; ambos moramos na região serrana; ambos temos blogs e lhe dedicamos menos atenção que gostaríamos; ambos estamos produzindo um Livro Adicional Eletrônico; ambos estamos, compreensivelmente, meio sem tempo ultimamente... Mas seu blog é parada certa em minha navegação, quando me permito uma viagenzinha pelo hiperespaço. Parabéns e um abraço! Eduardo Rocha

Mário Marinato disse...

Ora, ora, realmente, é coincidência pra caramba. Permita-me então encher-te de perguntas:

Que tal você passar os links do teu blog e do álbum no Flickr?

Onde moras?

Produzindo um livro adicional eletrônico? Você é analista? Trabalha em cartório?

Editor? Não quer editar meu livro, não?

E que bom que gosta do Sarcófago! Fico feliz da vida.

edurocha_nf disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
edurocha_nf disse...

Bom, o blog sEDimentos tá às baratas desde janeiro do ano passado, um dos anos mais conturbados da minha vida (estava morando três a quatro dias por semana do Rio, os demais aqui em Nova Friburgo). Assim, passo o link mais para não fazer desfeita, mas posso garantir que é intenção voltar a teclar nele...
No Flickr, pelo mesmo motivo, algo similar ocorreu, com o abandono tendo sido ali por março, mas a intenção é a mesma: reativá-lo. Claro que é mais fácil que o blog, já que tenho centenas de fotos clicadas desde março de 2006 pra cá. O link tem no blog, na sidebar. Falta é tempo de selecionar, classificar e fazer o upload. A prioridade absoluta tem sido finalizar o Sistema Selos & Atos, um projeto antigo, com novas metas propostas pela nossa CGJ a respeito do Livro Adicional Eletrônico - XML.

Quanto ao outro livro, o seu, editar não é difícil, mas depende de conversarmos mais, claro. Quem sabe quando esta poeira (de bits ?) baixar, combinamos um passeio em família? Ainda não conhecemos aquele jequitibá de quem você é empresário...

Um abraço
Eduardo

Mário Marinato disse...

Fala, Eduardo. Valeu pelos links, depois vou dar uma olhada.

Rapaz, teu sistema Selos e Atos é tudo o que eu pensava em fazer para o cartório onde trabalho mas nunca tive tempo. Parece excelente.

Vamos marcar uma conversa sim sobre o meu livro! Deixemos as coisas acalmarem que marcaremos um chope em Friburgo.

E também visitaremos o jequitibá, com certeza.

edurocha disse...

Mário, e o Lix!? A quantas anda teu sistema? Você elogiou o meu, mas confesso estar curioso pra saber a respeito do seu, prezado blogueiro. Não tenho visto mais o anúncio de nova versão na página principal do blog... As remessas da Serventia em que você é Substituto começam em 2 de maio, não é?

Em maio vamos visitar o Jequitibá? Quem sabe num final de semana desço em família (contando com mulher e minha prole, somamos 6) a Cachoeiras de Macacu e lhe convocamos como guia? Passeio ao Juequitibá, banho de rio... a garotada vai se amarrar!

Um abraço.

Mário Marinato disse...

Eduardo, infelizmente deixei o Lix! de lado. Na semana final pra gente, quando eu achava que estava tudo certo e que o que faltava era só detalhe, liguei para a corregedoria e vi que as coisas eram muito mais complicadas e difíceis do que eu tinha imaginado. Conversei com o meu chefe e resolvemos adquirir uma solução pronta, das mais baratas.

Rapaz uma visita ao Jequitibá sempre cai bem, só não sei se em maio vai me ser possível. Estamos enfrentando uns problemas de saúde aqui em casa e tô tendo que me dedicar às tarefas de dono de casa nos finais de semana. Mas veremos, veremos. Quem sabe não dá tempo?