O Pequeno Príncipe e os Lifehackers

Estava eu há pouco relendo O Pequeno Príncipe e um trecho me fez lembrar dos lifehackers.

Só pra explicar, lifehackers são pessoas que procuram fazer tudo sempre da melhor maneira possível, de forma gastar o mínimo de tempo com elas. Já inventaram até mesmo uma maneira de tirar a camisa em apenas um segundo.

Com vocês entendendo isso, agora posso mostrar o trecho que me chamou a atenção:

- Bom dia - disse o pequeno príncipe.
- Bom dia - disse o vendedor.
Era um vendedor de pílulas especiais, que saciavam a sede. Toma-se uma por semana e não é mais preciso beber.
- Por que vendes isso? - perguntou o principezinho.
- É uma grande economia de tempo. Os peritos calcularam. A gente ganha 53 minutos por semana.
- E o que se faz com esses 53 minutos?
- O que a gente quiser...
"Eu", pensou o principezinho, "se tivesse cinqüenta e três minutos para gastar, iria caminhando calmamente em direção a uma fonte..."


A pergunta que me veio é: como será que os lifehackers usam o tempo que ganham? De nada adianta correr com uma coisa se o tempo que você ganha é sub-aproveitado. Conheço muita gente que simplesmente não sabe o que fazer com o tempo livre, e por isso mesmo nunca para de trabalhar.

E há outra pergunta: será que vale a pena ganhar este tempo? Ou: será que não seria mais divertido se certas coisas fossem feitas à moda antiga?

Às vezes, o melhor de uma viagem está na paisagem que você vê pela janela do ônibus.

***

Compre o livro O Pequeno Príncipe
Compre outros livros de Antoine de Saint-Exupery

2 comentários:

Inês Rosa disse...

Oi Mário
Prazer em chegar até o blog dos meus "velhos" companheiros de vida cibernética. Me senti em casa, mesmoque tenhas trocado de endereço. Hoje muda muito a vida dos bloggueiros. A turma legal que mantínhamos uma correspondência assídua, para não dizer diária, não existe mais. Ao acessar uma antiga página só aparece o aviso :ESTA PÁGINA NÃO EXISTE MAIS". É uma pena , pois sinto saudades de todos, como se fôssemos uma família. Mas, outros sempre chegam e nova relação de amizade se forma. Já é um ciclo! Mário, gostei muito de ler teu texto, como sempre, em ver a comparação que tivestes com o Livro de Saint-Exupery, ao tratar de .... como é mesmo o nome??? esqueci(eeeeeta nomezinho difícil). Espera, estou lendo aqui ao lado: Lifehackers. Gostaria de ser um pouco assim, fazer tudo rápido para ficar mais tempo sem fazer nada, mas na realidade sou uma molóidina e quanto mais depressa preciso realizar algo, mais me enrolo.### Mário adorei falar contigo, aguardo uma resposta tua e prometo atualizar o novo endereço! Um super abraço e tudo de muito bom para ti.
(Tens página no ORKUT???)

Mário Marinato disse...

Salve, Inês. Há quanto tempo mesmo. Fique à vontade para voltar sempre.

Quanto ao Orkut, você me achou fácil, não?