A Corregedoria é Linda: Pedindo Ajuda

Sim, eu já saí do cartório há mais de três meses, mas eu ainda tenho boas histórias sobre a Corregedoria pra contar. Vocês não acharam que em cinco anos de trabalhos elas seriam poucas, não acharam?

Pois bem, fora todo o trabalho que têm que fazer para atender o público, os cartórios são obrigados a fazer um livro chamado Livro Adicional, onde é feito um tipo de resumo de todos os serviços feitos no cartório, diariamente. A história deste livro em si eu vou contar em outro artigo, mas a história de hoje tem a ver com ele.

Quando, certo dia, o modelo do livro foi modificado, eu fiquei com uma série de dúvidas em como preencher todos os campos que o modelo trazia. Eu, então, mui pacientemente, fiz uma lista com todas estas dúvidas e liguei para a Corregedoria. Depois de falar com umas sete pessoas diferentes e ser transferido entre quatro ou cinco departamentos, consegui falar com uma mocinha, cujo nome nem me lembro mais. O diálogo que se seguiu foi esse:

- Pois bem, sobre este novo modelo do Livro Adicional, eu estou com algumas dúvidas.
- Pode falar.
- Não tem onde colocar revogação de mandato.
- Tem sim.
- Não, não tem.
- Tem sim, senhor.
- Não, não tem.
- Peraí que eu vou ver.
[ barulho de papéis sendo remexidos ]
- Ih, realmente não tem...
- Pois é.
- A gente sempre esquece alguma coisa, né?
- Pois é.

Depois de se enrolar por alguns minutos e pedir ajuda de algum superior, ela disse que era para eu lançar as revogações em um outro item qualquer lá e já ia se despedindo:

- Então tá resolvido, a Corregedoria agradece a sua ligaç..
- Mas tem mais coisa!
- Ah, tem?
- Tem.
- Então, faz favor, pergunta coisa mais fácil, tá?

É mole? Os caras criam um modelo que devíamos seguir e quando nós temos dúvidas sobre o dito cujo, eles simplesmente não sabem como ajudar e ainda acham nossas perguntas difíceis. Esta menina que me atendeu deve ter ido pra casa com dor de cabeça, porque eu tinha mais de dez dúvidas para tirar e ficamos no telefone por cerca de uma hora.

A Corregedoria não é linda?

***


Leia outros artigos da série A Corregedoria é Linda.

2 comentários:

Inês Rosa disse...

Oi Mário. Tudo bem??
Comecei a ler os textos da "Corregedoria é Linda". Vou acompanhar e ler as tuas idéias sempre geniais. Saudades do Amigo. Estou aqui neste final de semana que me surge como uma verdadeira m----.(aliás como a maioria das vezes). A culpada sou mesma, pois faz um tempão que não rezo. Beijo.

Mário Marinato disse...

Fala, Inês. Tudo jóia!

Tomara que você goste da série A Corregedoria é Linda. Eu adoro escrevê-la, mas que tenha sido um martírio passar por estas situações que conto.

E pode ter certeza de que as coisas vão melhorar. Lembre-se sempre que, como diz o poeta, pior seria se pior fosse.

Beijo.