Dica de Word: Apagando vários caracteres indesejados de uma vez só

Sabe quando você recebe aqueles emails-corrente, com mensagens bonitinhas, e fica doida pra guardar no seu computador para poder ler mais tarde, sempre que tiver vontade, mas que aí você cola no Word e ele fica cheio daqueles ">" no início do texto?

Aí você, cheia de preguiça de sair apagando aquela bagunça toda, grava o texto assim mesmo? Pois saiba que o Word tem um recurso que pode ser usado para limpar o texto destas coisas.

Na verdade o recurso não é para excluir texto, mas sim para substituir. Por exemplo, suponha que você fez um trabalho gigantesco e escreveu várias vezes "Shakespaere" para depois descobrir que o certo é "Shakespeare". Ao invés de encontrar cada um e trocar na mão, você pede para o Word localizar o errado e colocar o certo no lugar.

Só que a gente pode pedir para o Word trocar alguma coisa por... nada! Aí ele exclui. Simples assim. Logo, a gente vai pedir para ele trocar os ">" por coisa nenhuma. Moleza, não?

Pois bem, para isso basta, com o texto aberto, clicar no menu "Editar" e depois em "Substituir". Ou então você aperta Ctrl + U, que dá no mesmo. Aí é roubar doce de criança: no espaço de cima você digita o que quer encontrar (no nosso caso, ">", sem as aspas) e no de baixo o que você quer colocar no lugar (no nosso caso, nada). Clique então em "Substituir Tudo" e voilá, o texto estará limpo.

Talvez ele fique com vários espaços no início dos parágrafos, e para limpar isso você usa o mesmo recurso, e manda o Word trocar uma seqüência de espaços por nada.

***


Leia outros artigos meus com dicas de informática.

4 comentários:

wellingtonlyra disse...

Genial!
Valeu a dica!

Mário Marinato disse...

Opa, que bom que agradou, Wellington!

Pode ter certeza que volta e meia vou postar uma coisa do tipo por aqui.

Abração.

wellingtonlyra disse...

Valeu pela dica do "YouTube"; acabei de ler esta notícia no jornal lá na casa da minha mãe... Valeu mesmo!

Abraços!

Mário Marinato disse...

Pô, então eu perdi o furo de reportagem? Aaaahhh!